Metodologia de Projeto na Escola

O que é a metodologia de projeto no ensino?

É um processo de atividades orientadas, realizada por meio de projetos que têm por objetivo: incorporar ideias ou habilidades a serem expressas ou executadas através de ações de comunicação ao grupo; exigem que se experimente algo de novo; que se selecione e ordene as ideias (a atividade intelectual) de forma a exprimir um novo grau de habilidade ou conhecimento.

Esses projetos são conduzidos sob a orientação do professor e os trabalhos são executados pelos alunos visando a aquisição de determinados conhecimentos, habilidades e valores

Como se desenvolve o trabalho de projeto?

São projetos desenvolvidos por alunos em uma (ou mais) disciplina (s), no contexto escolar, sob a orientação do professor, e têm por objetivo a aprendizagem de conceitos e desenvolvimento de competências e habilidades específicas. O trabalho de projeto desenvolve-se em três fases fundamentais. A formulação dum problema, a procura de soluções, e sua apresentação atrás duma ação comunicativa. Cada uma das fases deverá ser avaliada em função da sua relevância, sendo que a ação comunicativa deverá apresentar as soluções possíveis para a resolução do problema.

Como se faz Trabalho de Projeto na Sala de aula?

O trabalho de projeto em sala de aula parte da formulação de um qualquer problema, criado a partir das particularidades dos elementos do grupo, de preferência coletivo. O trabalho em sala de aula procura as soluções possíveis para os problemas. O problema é um desafio que tem que deve ter uma resposta. Contudo, em sala de aula cabe ao professor delimitar os desafios e as suas relevâncias para o processo educativo. Cabe também ao professora ajudar os alunos a desenvolver projetos relevantes e significativos, procurando evitar resultados fracassados e ajudar todos os alunos a manterem-se motivados e a desenvolveram uma perceção adequada dos contextos das atividades. O objetivo do trabalho de projeto é ampliar o potencial de cada aluno. Isso atinge-se através do projeto, que parte da procura da solução de um problema, e que realizada de forma efetiva, num determinado espaço e tempo em contexto educativo, permite desenvolver uma consciência com acompanhada dum ato comunicativo sobre o real. (cria consciência crítica)

Como são feitas as experiencias de trabalho de projeto?

O trabalho com projetos é uma proposta de educação voltada para a formação de competências, que procura o desenvolvimento de aprendizagens ativas através da participação dos alunos, evitando a pedagogia “tradicional” (passiva, verbal e teórica).

A experiencias de trabalho de projeto consistem em trabalhos desenvolvidos por alunos em uma (ou mais) disciplina(s), nem contexto escolar, sob a orientação do professor, com o objetivo de desenvolver aprendizagem significativas, adquirir e trabalhar com ideias e conceitos, e desenvolver competências específicas de acordo com o nível educacional que frequentam.

As experiencias de trabalho de projeto ativam a perceção e a cognição:

  • A perceção de si, do outro e do contexto,
  • Mobilizam o saber individual e a sua partilha ativa em grupo, favorecendo a motivação a consciência sobre o mundo;
  • Trabalham sobre os conteúdos escolares na sua relação com a vida e a ciência.

Que tarefas são concretizadas pela experiencia de trabalho de projeto?

A metodologia do trabalho de projeto desenvolve-se em três planos. O da definição dos objetivos (formulação do problema), o desenvolvimento da ação (resoluções para o problema) e o processo comunicativo (extroversão e avaliação de resultados)

A definição dos objetivo parte da identificação dum problema e das razões sobre a necessidade da sua resolução. Desse objetivos delineia-se um projeto, ou seja definem-se caminhos que permitem resolver o problema. Normalmente, procura-se segmentar em partes ou unidades de resolução significativas, distribui-se tarefas, definem-se recursos a usar e calendariza-se a sua concretização.

Após as atividades de pesquisa é necessário criar um processo de extroversão. Finalmente a apresentação pública do projeto, em sala de aula, deverá apresentar a resolução do problema, delimitando a sua relevância. O projeto deve ser discutido e avaliado em termos de contribuições alcançadas e eventuais defeitos que ficaram por resolver

Como é gerada o trabalho de projeto?

O trabalho de projeto deve ser gerado a partir de escolhas sobre as experiências dos alunos. O tema deverá estar incluído de forma genérica nos objetivos curriculares do programa educativo, deverá partir dum experiencia partilhada pelos alunos, de uma questão de atualidade. Excecionalmente poderá partir de um problema proposto pelo professor, verificando-se uma necessidade de trabalhar essas questões. Todos os temas podem ser abordados com a metodologia de projetos.

Ao professor cabe, após a definição do tema problema, ajudar a levantar o conjunto de hipóteses. Deverá ainda ter em atenção que um projeto não é apenas a aquisição de informações, mas um meio de ganhar novos conhecimentos, de usar e consolidar os conhecimentos adquiridos e de os aplicar em novos contextos. O professor ou educado tem ainda um papel relevante no acompanhamento do levantamento da informação, de chamar a atenção para os conceitos essenciais e trabalhar a motivação do grupo para atingir os seus objetivos, estando atento a dificuldades e procurando mediar a sua ultrapassagem.

Como motivar a criança o trabalho de projeto?

É necessário partir do exercício de diagnóstico: olhar para as necessidades da criança e para o mundo da criança. Cada criança tem uma noção de si, dos outros, do seu espaço e do seu tempo. As crianças quando nascem estão centradas em si e não tem tempo. A confrontação com o mundo e com os outros vai criando um processo de crescimento, mediado pela família e pela escola. Quando chegam à escola é necessário conhecer o ponto de partida de cada criança para criar um processo de aprendizagem comum.

A metodologia do trabalho de projeto ao partir das necessidades/curiosidades dos alunos procura criar um desafio que para ser resolvido exige a busca e utilização de novos conteúdos. A metodologia do trabalho de projeto ativa a participação através de atividades lúdicas, jogos de som e ritmo, de jogos de imagem e de linguagem. O trabalho de projeto desenvolve a afetividade e a estética, exigindo ao educador que seja mediar de aprendizagens, que negoceia ações, ajusta processos e equilibra o contributo de cada um no grupo.

Como é que trabalho de projeto contribui para o processo educativo global?

Atualmente as exigências da formação e educação das sociedades contemporâneas exige-se uma oferta de uma visão mais global do mundo em que se vive, a necessidade de vincular a aprendizagem a situações e problemas reais, e a procurar que cada um interaja com o outro de forma cooperativa para a resolução de problemas. Educar e formar para a vida atual obriga a desenvolver competências de recolha de informação, seu tratamento e comunicação, desenvolver capacidade de argumentação, ser capaz de agir e enfrentar novos problemas, de atuar na sociedade de forma construtiva e cooperativa, ser capaz de apresentar propostas construtivas. O um do atual existem mudanças muito rápidas com uma crescente utilização de tecnologias. Os novos alunos nascerem num mundo tecnológico e dominam as novas tecnologias. A metodologia de trabalho de projeto permite que o mundo contemporâneo entre na sala de aula e atualize as ferramentas disponíveis pelos professores para ajudar os seus alunos a desenvolverem as competências cognitivas e afetivas.

Qual é a metodologia de trabalho com metodologia de projeto?

As metodologias de trabalho de projeto usam as metodologias ativas de aprendizagem e de projeto, geradas a partir de dinâmicas de grupo e da identificação de problemas. Combinando a autorreflexão e a observação do outro em contexto, de forma a criar uma ação comum.

Desenvolvem em quatro tempos.

  1. A revelação da experiencia da vida (partir da experiencia vivida como objeto relevante), onde através de jogos de motivação são exploradas de forma livre e criativas o mundo sensível e as diferentes matérias e texturas, que tem como objetivo identificar relevância e criar motivação; “Jogo do Faz de Conta para explorar”
  2. A observação do problema, que parte do reconhecimento das relevâncias identificadas feito através do seu registo (desenhos, escrita, fotografia, gravações, oralidade), que tem como objetivo fixar um conhecimento inicial e criar um primeiro nível de consciência;
  3. A exploração dos problemas através da observação das suas questões a partir de diferentes pontos de vista e criar um segundo nível de consciência sobre as características do objetos (a sua estruturas material) e sobre os seus significados (simbólicos) e sobre as diferentes formas de uso pela comunidade (contextos de sociabilidade);
  4. A apropriação do das soluções para os problemas que tem como objetivos desenvolver uma ação comunicativa, através duma ação de extroversão que permite ao sujeito desenvolver a sua apropriação do mundo e da sua consciência sobre esse mundo.

Nota: como qualquer processo de aprendizagem os tempos descritos são meramente indicativos, podendo cada tempo desenvolver-se de forma autónoma ou fundir-se.

Com é aplicada a metodologia de projeto?

Nos trabalhos de projeto em escolas é feito a partir dos seguintes passos:

  1. Diagnóstico participado de motivações.
    1. Inclui uma busco de interesse dos alunos, conhecimentos e experiencias anteriores na sua relação com o “currículo”. Pode escolher um tema de atualidade, recolhido duma notícia do dia. Não existem limites às ideias de projeto, sendo no entanto conveniente, que o projeto esteja de acordo com as linhas programáticas curriculares.
    1. A seleção do tema-problema pode incluir jogos de dinamização de grupo, de forma a tentar entender os interesses maioritários dos alunos. Definido o tema-problema, é necessário criar um roteiro base de hipótese de investigação. O professor deverá orientar o processo, numa base colaborativa e participativa. Deverá ter-se em linha de conta, que os projetos não devem ser apenas de recolha de informação, mas devem relacionar diferentes fontes, de forma a desenvolver um pensamento crítico.
  2. Análise e desenvolvimento das questões-problemas em grupo.
    1. Cada grupo de alunos, através do seu tema-problema, e da definição do roteiro-base deverá desenvolver as várias hipóteses (desdobramento das hipóteses de investigação) para que incluem diferentes pontos de vista e diferentes possibilidades de resolução dos problemas, que devem ser testadas e trabalhadas em grupo, através da divisão de tarefas.
    1. Após os trabalhos individuais, o grupo deverá fazer um levantamento das informações recolhidas, deverá debater as suas principais conclusões, verificar se há novas questões que devam ser respondidas.
    1. O educador deverá mediar o processo de análise, incentivando a emergências de olhares críticos sobre as questões e estimular o pensamento reflexivo. Ao educador cabe igualmente a função de estimular a autonomia dos alunos na procura e seleção de fontes de informação e de partilhar a informação com o grupo. O desenvolvimento do projeto deverá contribuir para o desenvolvimento de estratégias de organização dos saberes e conhecimentos adquiridos.
  3.  Ações de comunicação e extroversão
    1. A apresentação dos resultados do projeto (questões/problemas) deverão ser partilhado com o grupo alargado da turma, através da apresentação dos projetos.
    1. A apresentação deverá ter em linha de conta que é necessário:
      1. Apresentar o problema
      1. Apresentar o tratamento da informação recolhidas
      1. Demonstrar as relações entre os diferentes conteúdos
    1. Finalmente, no final de cada apresentação deverá ser feita uma discussão aberta ao grupo, para esclarecimento de questões que tenham ficado menos clara e deverá ser feita uma avaliação em grupo,
      1. Em primeiro lugar uma autoavaliação dos que apresentam
      1. De seguida uma avaliação geral do trabalho feito.
      1. É importante que o educador efetue um balanço final do trabalho efetuado, dando ao grupo o seu feed-back
        1. O educador deverá ainda ter em atenção que deverá ter capacidade de avaliar os processos de apropriação pelos alunos dos diferentes saberes em conhecimento próprio.

Que resultados são esperados pela aplicação da metodologia de projeto?

Os trabalhos com a metodologia de projeto estimula a capacidade de decidir, escolher, falar e escutar. Propiciam aos alunos a alegria em aprender, em descobrir, a necessidade de construir e investigar, ajuda e desenvolvem as competências essenciais para a formação integral do ser humano. O trabalho com projetos: propõe um envolvimento de alunos e professores com o conhecimento.

Trabalhar com projetos permite desenvolver competências e responder a desafios complexos que estimulem os alunos a procurar novos conhecimentos e a consolidar conhecimentos adquiridos, e através do trabalho de grupo, permite criar condições para desenvolver a criatividade. O trabalho com projetos realizado ao longo do ano deverá permitir a integração dos saberes como uma “rede de questões significativas” que ao invés de partir dum conhecimento centrado num objeto, propões uma multiplicidade de olhares sobre o mundo. O trabalho de projeto, com base na problematização, parte do envolvimento do aluno em aprendizagens significativas, treina o processo de investigação, de recolha e tratamento de dados, a formulação de hipóteses, estimula o processo de tomada de decisões. de registar dados, de formular hipóteses, de tomar decisões.

A partir da resolução de problema procura-se que o aluno se torne protagonista do seu próprio conhecimento.

Elementos de trabalho

%d blogueiros gostam disto: